19 de jun de 2016

'Muy cerca de ti'


Por que?
Por que falta algo?
Lembra, ontem, as pessoas dançavam abaixo das estrelas,
Batíamos palmas e sorríamos,
E tudo era tanta luz, tanto calor, tanta verdade.
Por que falta algo?

Hoje, aquela lua nova, lembra.
Linda demais num céu bicolor,
Enquanto falávamos trivialidades,
Porque a amizade é tão longa e pura,
Que já dispensa filosofias.
Basta a presença.

Lembra de todas as lágrimas que colheu?
Lágrimas por falsos sentimentos, transitórios acontecimentos;
Aos quais eu dava a completude de alma,
Enquanto a alma jamais era realmente vista.
Mas você estava ali, me chamando de irmão.
E eu sabia que, se o mundo todo fosse mentira, você seria verdade.

Sim, falta algo.
Porque este espírito Deus criou faminto,
E ele busca por noites, calores e sorrisos.
Busca por um porto, um lar, jamais dantes conhecido.
O Amor ainda brilha no horizonte inatingível...
Mas em meu peito já habita o tesouro. Habita você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário