1 de mai de 2015

Meninice


Quem fica é quem sofre, ce sabe bem.
Os poeta tão tudo sempre certo,
Meu bem.

Perdoa o menino, seu moço.
Ele não sabe dos poco,
Tudo pra ele é muito.

Beleza demais faz o olho virar riacho,
Dor demais faz o coração não 
Lembrar dos paço da dança.

Deixa o menino sorrir, seu moço.
Perdoa os medo dele, 
Perdoa os sofrer dele.

Joga luz nos caminho do menino, seu moço.
Que há coisa boa pra crescer nesse chão,
Até flor pode se que se dê.

Deixa o menino sonhar com os vento no rosto,
Com o amor como encosto,
Com domingo sempre de sol.

Deixa o menino desejar a felicidade,
Temer o desamparo, querer abraço.
Acolhe o seu menino de dentro, seu moço,
Só assim ce vai saber como se home também.

Nenhum comentário:

Postar um comentário