6 de mar de 2013

Força da rosa


Não são raros dias como esse.
Quentes por fora, frios por dentro...
Secos por dentro e por fora.

E é tão difícil não sentir grande cansaço,
perante às as horas lentas, 
perante os mesmos dias traiçoeiros,
perante às mesmas pessoas sem empatia.

Mas mesmo diante de tanto sol,
não vi as rosas morrerem.
Mesmo diante de tanto cansaço,
não vi meu coração endurecer e desistir por completo.
Mesmo diante de tanto egoísmo,
ainda existem os sorrisos gratuitos.

Continuar é o que dá pra fazer.
Chorar hoje, sorrir amanhã.
Desfalecer hoje, voltar à luta amanhã.
Amar hoje, amar também amanhã.



Imagem: internet

Nenhum comentário:

Postar um comentário